Processo de Fabricação ::::

Todos os ingredientes são levados a batedeira até se transformarem na massa que tomará a forma de rolo.

Essa massa que acabou de sair da batedeira é cortada em tabletes de mais ou menos 50cm e colocada para descansar por 10 minutos. Esses tabletes são prensados em cilindro de 7 rolos, a massa é esticada, dobrada ao meio e novamente passada pelo cilindro, duas ou mais vezes se necessário.

Quando pronta enrola-se em rolo de macarrão. Leva-se ao cilindro de um rolo passando várias vezes, até chegar a espessura desejada. Enrola-se a massa em plástico P.P fazendo rolinhos de 500 gramas, 1000 gramas ou mais, colocando-os em embalagens plásticas que são seladas e levadas à geladeira imediatamente.

A História do Pastel : : : :

Não existe registro de como o pastel tenha surgido. A versão mais conhecida é de que o pastel, no formato atual, tenha sido criado a partir Gyosa, um tipo de pequeno pastel japonês, que é cozido em banho maria ou assado na chapa.

Acredita-se que, por acidente, um Gyosa tenha caído em óleo quente e a partir daí tenha surgido o pastel como conhecemos. Nesta época, os recheios eram apenas de carne e queijo.

No Brasil, o pastel é um dos produtos mais consumidos em todas as regiões. O produto apareceu inicialmente em São Paulo, entre os descendentes japoneses, por volta da década de 40.

Em Belo Horizonte, a primeira pastelaria foi criada nos anos 50 e funcionava no antigo abrigo de bonde de Santa Tereza, atual Mercado das Flores.


eXTReMe Tracker
Copyright © 2007-2016 - Pastel de Bertioga - Todos os direitos reservados
Desenvolvido por Thiago Alexandre